Após 13 dias, pilotos de Paramotor completam Rota do Descobrimento entre São Vicente e Porto Seguro


Pilotos enfrentaram inúmeras dificuldades e belas paisagens em viagem de aventura pelo litoral brasileiro, com o objetivo de captar imagens para um documentário


A Expedição Rota do Descobrimento saiu de São Vicente (SP) no dia 16 de junho com destino a Porto Seguro, com o intuito de refazer todo o trajeto de Pedro Álvares Cabral a bordo da Santa Maria, Pinta e Nina, porém, realizando uma viagem aérea. Após 13 dias de aventura e muita emoção, a equipe de seis pilotos aterrissou ao ponto final, em Santa Cruz do Cabrália, na manhã desta segunda-feira, 29 de junho.



A aventura foi idealizada pelo piloto cinegrafista aéreo José Roberto Gerolamo, e organizada e liderada pelo multicampeão brasileiro e sul-americano de Paramotor Marcio Aita. Foram várias as dificuldades enfrentadas pelo grupo, apelidado de Caveras, desde o primeiro dia de viagem. Condições climáticas adversas, muito vento e chuvas, grande exigência física, além de imprevistos mecânicos, marcaram boa parte da viagem, que passou pelos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia. Os pilotos faziam ao menos uma parada por dia para reabastecimento, e nos pontos finais, descansavam em pousadas ou ficavam acampados nas praias.



Muito maiores que os momentos difíceis, porém, foram os momentos de alegria, emoção e as belas paisagens vistas e captadas pelos pilotos, já que um dos objetivos da viagem foi colher material para a montagem de um documentário sobre o litoral brasileiro. Além disso, o grupo teve como meta, através da Expedição, disseminar o esporte, e também aproveitar uma gratificante e diferente viagem entre amigos. 


No trecho final da viagem, as dificuldades se intensificaram para os pilotos, ao mesmo passo da ansiedade para concluir todo o percurso de 1500 quilômetros desde a decolagem inicial em São Vicente. Os pilotos entraram na Bahia antes do esperado, mas ficaram presos por quatro dias em Cabrália, enfrentando tempo ruim, chuvas e ventos fortes, que adiaram as previsões de chegada.

Depois de muito trabalho, decolagens e pousos inúmeros, perrengues e alegrias, o grupo Caveras chegou a Praia de Santa Cruz do Cabrália, por volta das 10h desta segunda-feira (29), onde o clima foi de muita comemoração e emoção. Logo depois, decolaram novamente para o trecho final, pousando em Porto Seguro. Após um breve e merecido descanso, a equipe deve se reunir na próxima semana para começar a analisar todo o material captado e dar sequência ao projeto de execução do documentário Rota do Descobrimento.

Marcio Aita, atleta multicampeão e chefe da Expedição:

"Foi a experiência das nossas vidas! Já havia feito viagens assim em anos anteriores, tanto no Brasil quanto no exterior, mas foi completamente diferente. Não tenho nem como descrever o quão especial e marcante foi essa viagem. Enfrentamos muitas dificuldades climáticas, e também o cansaço físico e mental, todos tiveram que ultrapassar limites próprios em diferentes áreas para concluirmos o percurso. Estão todos de parabéns, e agora vamos comemorar bastante, e já pensar em todo o material que colhemos e que faremos um documentário sensacional para dividir um pouco dessas paisagens maravilhosas que vimos com outras pessoas."