Falso médico é preso trabalhando em emergência

André Luís Graça Pontes, de 29 anos, foi preso em flagrante, nesta terça-feira (7), por investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Euclides da Cunha, trabalhando como médico clínico geral na Emergência do Hospital Municipal, daquela cidade. André utilizava uma carteira do Conselho Federal de Medicina, falsificada por ele, com os dados de um médico especializado em clínica geral.
De acordo com o delegado Paulo Jason de Melo Falcão, titular da DT/Euclides, André alegou ter cursado medicina na Bolívia, mas não apresentou nenhum documento que comprovasse sua formação na área médica. Na delegacia, já na companhia de um advogado, ele se recusou a fornecer maiores informações.
“Estamos investigando se ele trabalhou em outros hospitais da região e cidades vizinhas”, explicou o delegado. André vai responder por falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão, ficando custodiado na carceragem da unidade policial.
Por: Ascom