Um ano da morte do prefeito de Itagimirim Comunidade bloqueia br 101 e pede justiça

Familiares e amigos do prefeito de Itagimirim, Rielson Lima, fizeram uma manifestação na manhã desta quarta-feira (29) bloqueando um trecho da rodovia BR-101, próximo a cidade, por várias horas. O objetivo do protesto é sensibilizar as autoridades em relação à investigação do assassinato do então gestor, que aconteceu há exatamente um ano. Rielson foi atingido por vários tiros em frente a um bar.
A caminhada saiu da Praça Prado Kelly por volta das 9h, percorreu algumas ruas e chegou até a BR-101. Os manifestantes bloquearam a pista nos dois sentidos com pneus e pediram a intervenção do secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, para disponibilizar uma equipe de investigação pra cuidar exclusivamente do processo, que até hoje não conseguiu identificar o autor do crime.
A irmã de Rielson, Eliade Lima, fez diversas declarações em relação ao atraso do inquérito, principalmente na Praça Castro Alves, onde Rielson foi morto.
Os manifestantes só desocuparam a pista no início da tarde, após uma posição do diretor do Depin (Departamento de Polícia do Interior), delegado Ricardo Brito, que concordou em passar orientações para a investigação e apoio a continuidade do caso, que é coordenado pela delegada Valéria Fonseca Chaves, coordenadora da 23ª Coorpin, em Eunápolis.

fonte radar64