Poluição sonora atrapalha provas do Enem em Camacan




enem-2015


Os níveis de decibéis, provocados por poluição sonora, vinda da área externa, marcaram o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizadas neste domingo (25), no Colégio Municipal Luciano Santana.

O barulho sonoro foi tão ensurdecedor, que os alunos começaram cobrar posições por parte dos organizadores, porque não estavam conseguindo se concentrar, por conta da poluição sonora que vinha das proximidades onde a prova aconteceu. Além do barulho sonoro, o calor escaldante fez com que alguns alunos, levassem ventiladores para dentro das salas. O aluno Delmo Souza disse à reportagem d’o O Tempo Jornalismo, que os alunos, solicitaram que o barulho sonoro, fosse registrado em ata, para que futuras providencias fossem adotadas.

Os alunos tiveram que se esforçar bastante para se concentrar, pois o barulho de som, tirou a atenção e de alguma forma tirou a tranquilidade dos alunos. Os relatos, são dos próprios estudantes, que fizeram os exames neste domingo.

Fonte: otempojornalissimo