Testemunha confirma ter visto avião caindo no mar de Cumuruxatiba e aparentemente um sobrevivente numa boia

Testemunha confirma ter visto avião caindo no mar de Cumuruxatiba e aparentemente um sobrevivente numa boia

Às 20h45 desta quinta-feira, dia 8 de outubro, a equipe do Teixeira News conseguiu fazer contato telefônico com o senhor José Pinheiro de Medeiros, morador de um local conhecido como Ponto da Sudene, nas imediações da Praia da Japara, distante cerca de 15 quilômetros do balneário de Cumuruxativa, no município do Prado, que disse ter visto o avião aquaplanando no mar, antes de afundar. “Quando prestei atenção, percebi o avião esquiando no mar e pouco tempo depois foi possível enxergar o que parecia ser um rapaz deitado numa boia”, contou.
Ainda segundo a testemunha, a aeronave que teria caído por volta das 17h, seria de pequeno porte, para no máximo quatro pessoas e foi possível perceber que era da cor branca. A queda, de acordo com José Pinheiro, aconteceu distante cerca 1 km da praia.
Sobre a presença das autoridades no local o senhor José Pinheiro informou que “a movimentação na praia é grande”, mas como venta muito e com a chegada da noite, nenhuma embarcação ainda teve acesso ao local do acidente aéreo, o que deve acontecer com a chegada de barcos maiores da Capitania dos Portos, de Porto Seguro.
As últimas informações dão conta que o 2º Comando da Marinha de Salvador já foi avisado sobre o acidente e o comandante Coutinho já estaria em contado com a base de Porto Seguro.
Sobre o possível sobrevivente que estaria no mar, a testemunha José Pinheiro de Medeiros, que disse ter visto o avião cair, relata que o rapaz estaria sendo levado em direção ao balneário de Cumuruxativa, para onde o vento e a corrente marinha estariam tocando. (Por Ronildo Brito)