Vendedor ambulante é suspeito de matar garçonete em Santa Cruz Cabrália, diz polícia



A polícia de Santa Cruz Cabrália procura um homem suspeito de ter 
matado a garçonete Jaine de Souza Nascimento, de 17 anos, na última segunda-feira (19). De acordo com as investigações, denúncias anônimas apontam que o autor do crime seria o vendedor ambulante Auto Gaudino de Lemos, idade desconhecida.

Na tarde de quinta-feira (23), os policiais encontraram na casa do suspeito, no bairro Sapolândia, facas com vestígios de sangue e parte da lona que teria sido usada para enrolar o corpo da jovem. Marcas de sangue também foram localizadas nas paredes da residência. O material foi recolhido para perícia.

De acordo com as investigações, o suspeito atraiu a jovem para a sua casa durante a madrugada e, após cometer o crime, levou o corpo em seu carro e o jogou em um terreno baldio.

A polícia apura se Auto teria agido sozinho ou com a ajuda de algum comparsa. A provável motivação do crime também é apurada. A polícia acredita que tenha sido uma vingança, já que a língua da garçonete foi cortada.