Coral Vivo lança pôster Recifes de Santa Cruz Cabrália, Bahia




Iniciativa envolve universidade, colégio público e conhecimento de pescadores



Mapeamento físico em 3D, imagem de satélite em alta resolução, e entrevistas realizadas com pescadores por estudantes de colégio público. A reunião de diferentes conhecimentos resultou no pôster “Recifes de Santa Cruz Cabrália, Bahia”, que está disponível para download no www.coralvivo.org.br. Trata-se de ação conjunta entre a Rede de Pesquisas e a Rede de Educação do Projeto Coral Vivo, que conta com o patrocínio da Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. Ele acaba de ser lançado em solenidade na Câmara de Vereadores de Santa Cruz Cabrália, no Sul da Bahia, e distribuído nas prefeituras e colônias de pescadores da região.



A partir de imagem de satélite de alta resolução, os alunos do Ensino Médio do Colégio Estadual Professora Terezinha Scaramussa entrevistaram os pescadores mais antigos para saber os nomes de diferentes áreas dos recifes de coral da costa de Santa Cruz Cabrália. Aquelas ainda não nomeadas foram batizadas. Simultaneamente, os pesquisadores do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) percorreram centenas de quilômetros e mediram as profundidades de 3.253.013 pontos. Usaram a lancha do Coral Vivo, Iamany, que foi construída com adaptações para maior precisão de levantamentos batimétricos com equipamentos de sonar e de registro do fundo do mar, como se fosse um scanner diferenciando onde ficam areia, lama, corais, rochas, entre outros.




Coração de Santa Cruz

Durante os estudos preliminares para o mapeamento físico dos recifes do Parque Municipal Marinho da Coroa Alta, em Santa Cruz Cabrália, foi descoberta uma formação recifal semelhante a um coração. Ele foi batizado de Coração de Santa Cruz, após as entrevistas com os pescadores realizadas pelos estudantes da Rede de Educação Coral Vivo. Essa área é conhecida como Alagadas, e foram nomeados outros trechos como Cantinho do Amor e Baixa do Coração. A atividade foi feita em parceria com o projeto “Que Lugar É Esse?” idealizado pelo coordenador geral do Coral Vivo, Clovis Castro. Os interessados podem baixar o pôster “Recifes de Santa Cruz Cabrália, Bahia” pelo:http://coralvivo.org.br/publicacoes/poster-recifes-de-santa-cruz-cabralia-bahia/



Sobre o Projeto Coral Vivo

O Projeto Coral Vivo é patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental e trabalha com pesquisa, educação, comunicação e políticas públicas para a conservação e uso sustentável dos ambientes recifais do Brasil. Ele faz parte da Rede Biomar, junto com os projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Golfinho Rotador e Tamar. Todos patrocinados pela Petrobras, eles atuam de forma complementar na conservação da biodiversidade marinha do Brasil, trabalhando nas áreas de proteção e pesquisa das espécies e dos habitats relacionados. As ações do Coral Vivo são viabilizadas também pelo copatrocínio do Arraial d’Ajuda Eco Parque, e realizadas pela Associação Amigos do Museu Nacional (SAMN) e pelo Instituto Coral Vivo (ICV). Mais informações na página www.fb.com/CoralVivo e no site www.coralvivo.org.br.