Filho de Cacique estava foragido e foi preso pela PRF


PRF captura na Bahia membro da tribo pataxó foragido da Justiça há dois anos

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu prender na noite de ontem (13), o índio pataxó Tauano Ferreira do Espírito Santo, filho do cacique Nengo ou Macuco da aldeia Aroeira, membro de uma tribo do sul da Bahia, que estava foragido há mais de dois anos.



A prisão ocorreu por volta de 20h00, durante uma operação realizada no Km 830 da BR 116, trecho de Vitória da Conquista, quando PRFs abordaram um ônibus de turismo fretado para deslocamento até Brasília. 

Ao revistar o veículo e checar a documentação dos passageiros, os policiais desconfiaram de um passageiro que viajava sem qualquer documento de identificação, porém acompanhado do seu pai, o qual se identificou como cacique de uma tribo indígena do sul da Bahia, localizada no distrito de Coroa Vermelha de Santa Cruz Cabrália.


Através da consulta ao banco de dados, os policiais descobriram que o passageiro viajava sem documentos tentando burlar a fiscalização, pois estava foragido desde 2013, quando foi expedido mandado de prisão pelo Poder judiciário do Estado da Bahia, Comarca de Santa Cruz Cabrália, imputando ao foragido os crimes de roubo e lesão corporal. 


Ao tomar conhecimento da prisão do indígena, populares da região de Porto Seguro, entraram em contato com a PRF informando que o filho do cacique seria integrante de uma quadrilha de assaltos, tráfico e homicídios, e que sob a proteção do pai, continuava aterrorizando em Coroa Vermelha, mesmo possuindo Mandado de Prisão em aberto.

A ocorrência foi encaminhada para a delegacia de polícia judiciária em Vitória da Conquista..

fonte:

,