» » Casal cometeu golpe em Porto Seguro foi preso em Goiania



Após investigações que resultaram na instauração do Inquérito Policial de n.º 009/2016, visando apurar os crimes previstos no Art. 155 § 4.º inc. II e Art. 171 do Código Penal Brasileiro, (furto qualificado mediante fraude e/ou estelionato), figurando como vítimas, Paraíso do Morro Hotel Pousada, situado na Rua Mucugê  Centro, de Arraial D’ajuda, Porto Seguro, operadoras de cartão de crédito, bandeiras Visa do Banco do Brasil, AMERICA EXPRESS, CIELO ADMINISTRADORA DE CARTÕES e outros, e ainda Ana Carolina Lopes de Mendonça Castro, Promotora de Justiça do Estado do Mato Grosso do Sul, equipe de investigadores da Polícia Civil da 2.ª Delegacia Territorial de Arraial D’ájuda, Porto Seguro, identificou os autores do crime, RODRIGO DE MENEZES MACHADO e sua namorada JORDANA LOUZA COSTA FERREIRA, represemos pela prisão preventiva dos investigados e com o apoio da Polícia Civil do Estado de Goiânia, DEIC, na tarde de 27/01/2016, foram presos os acusados na cidade de Goiânia, tendo os mesmos confessado em detalhes a autoria do delito.



O casal se hospedou em um Hotel de luxo no Distrito de Arraial D’ájuda, nesta cidade, pagando as passagens aéreas e demais despesas com cartões de terceiros, utilizando inclusive os dados e senha de segurança de um cartão de crédito de uma Promotora de Justiça do Estado do Mato Grosso.

 Alugaram carro conversível na cidade de Salvador e desfilaram por vários dias com o veículo na cidade e ainda postaram fotos em redes sociais. Os dois acusados agora encontram-se presos na carceragem da 14.ª Delegacia Distrital de Polícia Civil e na Delegacia Estadual de Investigações Criminais de Goiânia, à disposição do Exmo. Juiz substituto da Comarca de Porto Seguro Dr. Fernando Machado Propat Souza, aguardando recambiamento para a carceragem do presídio da Comarca de Eunápolis. 


Diariamente são registradas ocorrências acerca de fraudes, furto qualificado mediante fraude e estelionato com utilização de cartões de crédito na 2.ª Delegacia Territorial de Porto Seguro e outras Delegacias da região.

A polícia Civil de Arraial D’ájuda pede a população que não deixe de informar a polícia desses casos, principalmente os estabelecimentos lesados, porque as investigações tem tido êxito, investigação às vezes é demorada complexa mas a polícia tem obtidos bons resultados e conseguido identificar integrantes de algumas quadrilhas especializadas neste tipo de golpe.

ASCOM: PC

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar Esta Notícia

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.