Cultura indígena foi o tema de encontro com a juventude Pataxó em Caraíva





Jovens, lideranças indígenas Pataxó e representantes de 38 aldeias distribuídas pela Bahia se reuniram nos dias 14, 15 e 16 de Janeiro, na Aldeia Indígena Pataxó Barra Velha, no distrito de Caraíva, para debater assuntos voltados à cultura dos índios, participação social daquele povo e a autonomia dos Jovens Pataxó.


O 1º Encontro Territorial da Juventude Pataxó da Bahia teve como objetivo realizar uma integração social e um intercâmbio entre as aldeias Pataxó, bem como a valorização e afirmação de sua identidade e a discussão e proposição de políticas públicas voltadas para a juventude indígena.


Sua programação contou com apresentações culturais, certificação e apresentação de resultados do projeto “Avante Juventude Pataxó”, que teve duração de dois anos, palestras e eixos de debate com instituições convidadas e a criação do Conselho Territorial da Juventude Indígena Pataxó do Sul e do Extremo Sul da Bahia.

Soraia Perelo, Superintende de Cultura, falou sobre a importância do encontro. “Este evento representa um avanço para a cultura indígena de nossa região. Acredito no trabalho do IMT pois sei que de fato é uma instituição séria, verdadeira e quer ver o crescimento da juventude e de todas as comunidades tradicionais. O trabalho que vem sendo feito há anos resultou neste grande evento que foi muito importante para o avanço das atividades junto à comunidade indígena Pataxó”, afirmou.

O evento foi uma realização do Instituto Mãe Terra, da Comissão de Jovens Indígenas Pataxó do Sul e Extremo Sul da Bahia, com patrocínio da Petrobras e apoio das Superintendências Indígena e da Juventude de Porto Seguro, FUNAI (Fundação Nacional do Índio) e da Prefeitura Municipal de Porto Seguro, através das secretarias de Cultura e Turismo, Educação, Trabalho e Desenvolvimento Social e Saúde.










Secretaria de Cultura e Turismo
Ascom – Prefeitura de Porto Seguro