Terremoto de magnitude 6,4 atinge Taiwan

Bombeiros resgatam pessoas presas em edifício que desabou nesta sexta-feira (5) na cidade de Tainan após terremoto em Taiwan (Foto: AP Photo )Bombeiros resgatam pessoas presas em edifício que desabou nesta sexta-feira (5) na cidade de Tainan após terremoto em Taiwan (Foto: AP Photo )
Um terremoto de magnitude 6,4 atingiu o Taiwan na madrugada deste sábado (6), - sexta-feira (5) no Brasil -, informa o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). Segundo o USGS, o epicentro do terremoto foi registrado a 25 km ao sul da cidade de Yujing e a 10 km de profundidade.

Autoridades locais disseram que metade de um edifício desabou na cidade de Tainan, no sul do país, com quase 2 milhões de habitantes. Os bombeiros estão no local. A imprensa local reporta que diversos edifícios desabaram, entre eles um complexo residencial e que centenas de pessoas estariam em um deles, informa a Reuters.

De acordo com a Formosa TV, 30 pessoas foram resgatadas de um prédio de sete andares em Tainan.
Equipe de resgate entra em escombro de edifício que desabou neste sábado (6) na cidade de Tainan, no Taiwan, por terremoto  (Foto: AP Photo)Equipe de resgate entra em escombro de edifício que desabou neste sábado (6) na cidade de Tainan, no Taiwan, por terremoto (Foto: AP Photo)
As autoridades também anunciaram a formação de um centro de resposta emergencial após o terremoto.
O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico disse que não é esperado que o tremor gere um tsunami destrutivo. Primeiramente o USGS informou que a magnitude era de 6,7, mas depois revisou para 6,4.
Prédio fica inclinado após terremoto de magnitude 6,4 atingir cidade de Tainan, no Taiwan (Foto:  REUTERS/Stringer )Prédio fica inclinado após terremoto de magnitude 6,4 atingir cidade de Tainan, no Taiwan (Foto: REUTERS/Stringer )
Prédio na cidade de Tainan ficou inclinado nesta sexta-feira (5) após terremoto em Taiwan (Foto:  REUTERS/Stringer )Prédio na cidade de Tainan ficou inclinado nesta sexta-feira (5) após terremoto em Taiwan (Foto: REUTERS/Stringer )G1