» » » » Quatro homens são presos em Porto Seguro por crime ambiental



Numa operação conjunta entre o Ministério Público Estadual, Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (Cippa) e Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, foram presos em Porto Seguro quatro homens envolvidos com queimadas e supressão de Mata Atlântica. A ação foi realizada na manhã de 18/03, na Fazenda Tabatinga, próxima ao campus da UFSB, às margens da BR 367.

As prisões aconteceram em cumprimento a uma ordem judicial de busca e apreensão expedida pela Justiça. No local foram apreendidas ainda machados, serrotes e outras ferramentas usadas no desmatamento e nas queimadas. Os suspeitos foram levados para a delegacia de Porto Seguro, onde permanecem à disposição da Justiça, autuados pelos crimes de incêndio ambiental, supressão de mata nativa e formação de quadrilha.

De acordo com o promotor Wallace Carvalho, a área em questão possui um manancial, além de remanescentes de Mata Atlântica e vinha sendo ocupada desde fevereiro deste ano. Depois de atearam fogo, agora os invasores estavam retirando madeira para a construção de barracos. “Independente de quem é o proprietário da área, ali foi configurado como crime ambiental, pela retirada de importantes remanescentes de Mata Atlântica”, informa.

O promotor enfatiza que os envolvidos irão responder na Justiça pelos danos, inclusive com ação civil pelos crimes ambientais cometidos. Ele alerta que operações como esta continuarão sendo realizadas no município. Na opinião do secretário de Meio Ambiente, Bené Gouveia, “esse tipo de intervenção da Justiça é fundamental, para que os criminosos não se escondam atrás da impunidade para continuar promovendo a destruição de preciosos recursos do nosso patrimônio ambiental”.
Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. Isso não está acontecendo só aí não, esse fumaceira q estava acontecendo n calada da noite eram uma turma de sem que fazerppreguiçoso querendo ser dono de lote sem comprar, a exemplo disso tem muita gente com terreno marcado e picotado muitos até esta cercando dizendo ser dono, eu mesma conheço uma quatro q diz ser deles, estou falando de uns lote q fica na parte inferior de um campo de futebol q tem ali no sapoti, vai lá e confira essa latrocidade

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.