» » » » » Professora é agredida por mãe de aluna e é ameaçada de morte





A professora Valéria Calazans, está internada no hospital Luiz Eduardo Magalhães em Porto Seguro após ser agredida por uma mãe de uma aluna.

Informações obtidas pela reportagem do Obaianao, dão conta que a professora advertiu uma aluna no colégio Chico Mendes no bairro Mirante Caravelas, devido a mesma não está fazendo as atividades.



A advertência aconteceu nesta segunda feira 23/05, nesta terça feira 24/05, a professora juntamente com a coordenadora pedagógica mandaram chamar a mãe da aluna, quando a mãe da aluna que não teve o nome divulgado, chegou a escola, já foi diretamente para a sala de aula onde agrediu a professora fisicamente.

Após a agressão a mulher ainda ameaçou a professora de morte, a professora foi socorrida e levada para o hospital suspeita de fraturas.


A APLB Sindicato, divulgou uma nota repudiando o ato e convocando uma paralisação da classe para essa quarta feira (25).


«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

5 comentários:

  1. Eu não sou professora, mas já estudei e sei que não é fácil pra uma professora da conta de uma sala de aula com 35 a 40 alunos cada um com a natureza diferentes q já vem mal criados da casa dos pais, a exemplo dessa mãe, q futuro ela pode dar pra essa filha e os demais irmãos se resolve tudo na Oi. Mães....... Mães vamos ficar esperto com nossos filhos. Ellen

    ResponderExcluir
  2. Indignante a atitude dessa mãe. Nada justifica a violência!!! Muito triste !

    ResponderExcluir
  3. Absurdo, onde vamos parar?

    ResponderExcluir
  4. pela atitude da mae imagina como e a filha .mmanda a mae pra cadeia e a filha pro reformatorio

    ResponderExcluir
  5. a justiça tem que tomar uma atitude contra essa mae irresponsavel e essa adolescente, ela nao se preocupa com a filha e ainda espanca a professora, procure saber se essa mae ja esteve na escola pra saber do comportamento da filha? se em casa ela verifica as atividaes escolares?se ela sabe ande e con
    m que a filha anda? se fosse a professora a agressora, ja estava no presidio e tratada como marginal. Gente professor tem que ser respeitado, os pais tem que frequentar mais a escola onde seu filho estuda. fica aqui meu repudio com esse caso, e minha solidariedade a essa e a todos os professores do pais

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.