» » » » Cadeirante acusado de pedofilia é assassinado a tiros



O crime aconteceu na noite da última quinta-feira, 8 de setembro, na cidade de Simões Filho, na Bahia. O cadeirante identificado como, Eduardo Silva Santos de 42 anos, foi morto em seu apartamento localizado no bairro Vida Nova.



A vítima era acusada de pedofilia, o crime foi descoberto depois que Eduardo perdeu o aparelho celular onde continha vídeos em que ele estuprava crianças e adolescentes.

As imagens se espalharam rapidamente nas redes sociais e causou revolta nos moradores da cidade. Nesta quinta-feira, homens armados invadiram a casa do cadeirante e um deles chegou a filmar o momento da morte de Eduardo.

Antes de ser atingido com um disparo na cabeça, o cadeirante pediu desculpas pelos crimes cometidos contra os menores. A Polícia Civil investiga o caso.

Por sulbaahianews

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. Desculpa não adianta mais. Você não deu chances para suas vítimas.
    Porque não pensou nas consequências de seus atos antes de cometer os crimes?
    Não sabia que poderia ter consequências como esta?

    Agora é tarde! Que Deus tenha misericórdia de sua alma.
    Teve o que plantou. Quem planta violência colhe violência de uma forma ou de outra.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.