» » » » PM prende em Itapebi homem acusado de matar a esposa e o filho em Betim-MG



Neste domingo, dia 6 de novembro, foi preso na pacata cidade de Itapebi, extremo sul da Bahia, Charles da Silva, acusado de assassinar a própria esposa Cristiana Bezerra e um filho menor de idade, crimes ocorridos na última sexta-feira (04/11), em Betim-MG. Logo após cometer a barbárie em Minas Gerais o acusado fugiu para a Bahia, onde acabou descoberto e preso.



A operação que culminou com a prisão de Charles foi realizada por policiais militares de Itapebi-Ba., e Betim-MG., e no momento que foi localizado o acusado não esboçou qualquer reação e ao ser questionado, teria confessado ter matada a esposa de 37 anos, que era manicure e o seu filho de apenas 8 anos de idade.

As duas vítimas foram encontradas sem sinais vitais na noite de sexta-feira, dia 4 de novembro, dentro de casa do casal, na Rua Astolfo Dutra, no bairro Industrial São Luiz, em Betim. Segundo a perícia, o garoto estava com um corte profundo no pescoço e a mãe teve ferimentos no pescoço, na barriga, na mão e no braço.

Segundo a polícia, o suspeito mantinha um relacionamento conturbado com a mulher, que teria sido vítima de agressão por diversas vezes. Ainda de acordo com a PM, os dois teriam reatado o relacionamento havia pouco tempo.

Logo após assassinar mãe e filho o assassino diz que jogou a faca numa lixeira próxima da casa onde os corpos foram encontrados, mas apesar das buscas a arma não foi localizada.

O crime

Uma manicure de 37 anos e o filho dela de 8 foram encontrados mortos, dentro da casa onde moravam, em Betim, na região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite de sexta-feira (4). As vítimas foram esfaqueadas no pescoço e sangraram até a morte, segundo análise preliminar da perícia.

À Polícia Militar (PM), uma tia da vítima, de 53 anos, contou que tentou falar com a sobrinha durante todo o dia para marcar um horário para uma conhecida fazer as unhas, mas não foi atendida. Por volta das 22h30, resolveu ir na residência, na rua Astolfo Dutra, no bairro Industrial São Luiz, para verificar o que estava acontecendo. Um irmão da mulher morta, de 43 anos, foi com a tia.

Com as cópias das chaves, os familiares entraram na casa e encontraram Cristiana Bezerra dos Santos e Guilherme Halley de Assis dos Santos caídos, muito ensanguentados, no banheiro. Os parentes informaram ainda que o companheiro de Cristiana a agrediu no dia anterior e que mesmo eles se desentendendo com frequência, ela nunca teria o denunciado.

A mulher nasceu em Itapebi, mas há bastante tempo morava e trabalhava no estado de Minas Gerais. (Por Ronildo Brito) Teixeira news

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar Esta Notícia

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.