Turista colombiano morre afogado ao fazer fotos subaquáticas


Um turista colombiano morreu afogado em uma praia de Ilhéus, na região sul da Bahia, ao tentar fazer fotos subaquáticas. De acordo com informações passadas pelo Corpo de Bombeiros, o corpo de Davi Enrique Zambrano Macias, de 31 anos, ficou desaparecido por quase 24 horas e só foi localizado na manhã desta segunda-feira (26).
Turista colombiano morreu afogado ao fazer fotos aquáticas em praia na Bahia (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Turista colombiano morreu afogado ao fazer fotos
aquáticas em praia na Bahia (Foto: Divulgação/
Corpo de Bombeiros)
Davi desapareceu na Praia de Acuípe, localizada na região sul do município, por volta das 10h da manhã do domingo (25). Conforme os bombeiros, as buscas foram iniciadas depois das 12h, quando a informação do desaparecimento chegou até a corporação.
As buscas tinha sido encerradas no final da tarde de domingo, e os trabalhos foram retomados na manhã desta segunda, quando populares disseram ter avistado o corpo do colombiano boiando.
O corpo foi retirado da água por bombeiros do 5° Grupamento e encaminhado para o Departamento de Polícia Ténica (DPT) da cidade e, segundo a delegacia, está aguardando algum parente comparecer para fazer a liberação.
Na cédula de identidade de estrangeiro encontrada com a vítima consta que Davi deu entrada no Brasil em 28 de junho de 2013. O documento tem validade até junho de 2024.
De acordo com a polícia, o turista e uma mulher, que não teve identidade divulgada, estavam hospedados em uma pousada da região. A polícia não soube informar qual a relação da mulher com a vítima, e nem se ela estava com ele no momento do afogamento.
Em Barra Grande, na Península de Maraú, no sul da Bahia, um turista de Goiás também morreu após se afogar na tarde de domingo (25). A vítima foi identificada como Pedro Henrique Ferreira, que tinha 24 anos e era natural de Anápolis. O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, que confirmou as informações.
Afogamentos
Em menos de uma semana, já são cinco mortes por afogamento de turistas em praias da região sul da Bahia.
Na últiama quarta-feira (21), um turista do Espírito Santo e outro de Minas Gerais morreram.  Um dos afogamentos ocorreu na praia dos Milionários, em Ilhéus. A vítima foi Jaciel Souza de Melo, de 51 anos, que era de Colatina (ES). Segundo a polícia, Jaciel estava com a esposa quando decidiu dar um mergulho no mar, foi arrastado pelas ondas e não conseguiu mais voltar.
A mulher chamou por socorro ao ver que o marido estava se afogando e um surfista chegou a retirar o homem da água com vida. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas quando os socorristas chegaram ao local já encotraram Jaciel sem vida. No momento do afogamento, segundo testemunhas, não tinha nenhum salva-vidas no local.
Outro afogamento com morte ocorreu na praia de Serra Grande, no município de Uruçuca, um dos pontos turísticos mais visitados do sul da Bahia. O local, a 420 quilômetros de Salvador, é famoso por ter praias paradisíacas e cachoeiras escondidas. A vítima foi o turista Robson Dutra de Melo, de 53 anos, que era de Minas Gerais. A polícia local não soube informar as circunstâncias do afogamento.

Por G1

, ,