Vereador Elio Brasil tem contas rejeitadas por unanimidade no TCM e fica inelegível por 8 anos



As contas do presidente da câmara de vereadores de Porto Seguro, Elio Brasil(PT), foram rejeitadas por unanimidade no Tribunal de Contas dos Municípios e o edil ainda foi multado em R$ 3 mil reais.
Segundo levantamentos, os conselheiros do tribunal rejeitaram as contas de Elio por gastos excessivos em contratação de assessoria jurídica no valor de R$ 402 mil reais e assessoria contábil no valor de R$ 280 mil reais no exercício de 2015. 



Uma irregularidade também em um pregão eletrônico no valor superior a R$ 1 milhão de reais, foi constatado nas contas.
Elio Brasil foi reeleito vereador e pode não assumir o cargo em 2017, ainda ficará inelegível por 8 anos.


Segundo juristas consultados pelo site, Elio pode ter os votos anulados e uma nova recontagem poderia colocar um suplente de outra coligação no cargo. 


O assunto promete render nas rodas de politica da cidade.


Por Luzio Nunes - Namidia Comunicação

, , ,