Acusado em participar de homicídio morre em ação policial


Na manhã desta terça-feira (06), Adeliton Santos Ribeiro de 23 anos, mais conhecido por Mano Braw, morreu em uma ação da Polícia Civil no bairro Juca Rosa em Eunapolis.


De acordo com a Polícia Civil, Meno Braw foi um dos sete autores do acusado homicídio ocorrido no último dia 26/05, ocasião em que a vítima, Kaick Almeida Santos de 21 anos foi “arrastada” de dentro de casa, levada para local ermo, julgado acerca de seu envolvimento com uma facção rival, torturado a cortes facão e morto a tiros. O corpo da vítima foi encontrado na Rua Governador Valadares, esquina com a Rua Itabira no bairro Minas Gerais.

De acordo com o delegado Dr. Moisés Damasceno, o homicídio de Kaick, teria sido determinado por um dos internos do Presídio de Eunápolis.

O Delegado, Bernardo Pacheco, Titular da Delegacia Territorial de Eunápolis, continua nas investigações acerca dos demais autores e mandantes do crime.

O Coordenador Regional de Polícia Civil, Delegado Moisés Damasceno, destacou a importância de focar nas investigações dos homicídios, buscando identificar e bem materializar a autoria desses crimes a fim de que os integrantes das facções criminosas envolvidas possam ser responsabilizados criminalmente.

Por:VIA41

, ,