Um dos bandidos acusado de matar um casal em Eunápolis morre em confronto com a polícia no centro de Itabela.



Um dos bandidos acusados de matar um casal na cidade de Eunápolis foi surpreendido em uma ação conjunta de policiais militares do 4º Pelotão de Itabela e policiais civis e militares de Eunápolis, e acabou morto em confronto na tarde desta terça-feira (20/06). O suspeito identificado por Leandro de Jesus Silva, o“Leo”, já era grande conhecido da Polícia de Eunápolis. Ele fazia diversos roubos e furtos naquela região.

A polícia iniciou a ação para prender o elemento logo pela manhã, quando o Delegado Dr. Moisés Damasceno da 23ª Coorpin (Coordenadoria de Polícia Civil de Eunápolis), realizou diversas diligencias pelas ruas e bairros da cidade de Itabela com a intenção de prender o marginal.

Segundo informações, o criminoso estava escondido em uma casa na travessa da rua Porto Seguro, bem no centro da cidade. O criminoso que aparentava estar sob o efeito de drogas, ao perceber a chegada da polícia começou a disparar contra os policiais que revidaram e o acertou. O suspeito baleado acabou morrendo antes mesmo de ser levado para o hospital.

Outros elementos que estavam na companhia do marginal fugiram, um deles identificado por Jonathan, foi perseguido e acabou preso pela polícia já muito próximo da Praça Inocêncio Pereira. A partir daí, se iniciou uma procura intensa para tentar localizar outros elementos que conseguiram escapar pulando vários muros.

O corpo de Leandro foi caminhado para o Instituto Médico Legal em Eunápolis e aguarda pela identificação. O menor aprendido, na ação foi encaminhado para a delegacia de plantão em Eunápolis. Com o Leandro foi apreendido um revolver calibre 32.

O bandido morto em confronto com a polícia em Itabela é um dos acusados de ter matado na manhã de sábado (17), um casal de moradores do Assentamento Catarina Galindo na região do Córrego da Platina, Belisário Ramalho Rocha e sua esposa Valdinéia Bonfim Rocha, e enterrando o casal em uma cova rasa em um matagal e cobertos por galhos de árvores às margens da estrada.
Casal assassinado em Eunapolis
Belisário e Valdineia Rocha segundo a polícia teriam sido vítimas de latrocínio, roubo seguido de morte, após uma reunião em que Belisário, tesoureiro da comunidade, arrecadou dinheiro. Isso pode ter atraído o interesse dos criminosos.

A polícia está investigando se Jonathan está envolvido no assassinato do casal em Eunápolis. Segundo investigadores, este elemento estava dando abrigo a Leandro e a um elemento identificado apenas como "Robson", que disparou contra em direção aos policiais e conseguiu fugir.

Fonte: Girodentocias

, ,