DIRETORIA DO SINSPPOR SE REÚNE COM A PREFEITA CLÁUDIA OLIVEIRA



A diretoria do Sinsppor – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Porto Seguro e Região, esteve reunida com a prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, na tarde de terça-feira (17), para tratar de demandas pertinentes à categoria. Entre as principais pautas, esteve a discussão a cerca da mudança do horário de expediente. A prefeita esteve muito sensível e se diz inclinada a adotar o turnão corrido de 6 horas, como era feito na gestão de seu primeiro mandato. Cláudia Oliveira ficou de reunir com seu secretariado na quinta-feira para definir sobre o expediente.


Entre as vantagens dessa configuração de expediente, está a economia para os cofres públicos, em vários aspectos como energia e consumo de material de expediente, além de proporcionar ao servidor melhores condições de trabalho. “O atual turno com 1 hora de almoço, impossibilita o servidor de ir em casa almoçar, haja vista a geografia complexa do município, além do gasto com transporte que é dobrado”, disse Marcos Santana, confiante na mudança para o turno corrido.

Ainda na reunião foram abordadas também a questão da licença-prêmio para servidores do concurso de 1993/1994 e a situação do Projeto de Lei de incentivo a produtividade para os inspetores de vigilância sanitária, que já foi encaminhado para a câmara de vereadores e deverá ser lido em primeira votação nesta quinta-feira, 19. A diretoria do Sinsppor ressalta a importância dos filiados de participarem da sessão ordinária da Câmara e acompanhar o andamento do Projeto.

Outra solicitação feita pela diretoria e prontamente atendida pela Prefeita Cláudia foi o ponto facultativo no dia 3/11, fazendo a ponte com feriado prolongado no Dia de Finados (2), em substituição ao Dia do Servidor Público que é comemorado no dia 28 de outubro. A prefeita pediu emissão imediata do Decreto, concedendo a solicitação, que deverá ser publicado em breve. “Nesse ano, não realizaremos a festa do Servidor em virtude dos custos com a obra da sede da entidade e o feriado prolongado permitirá ao servidor, um momento de lazer com a família”, avaliou o presidente Antonio Lisboa.

A diretoria também apresentou à prefeita a proposta de mudança da carga horária dos enfermeiros e técnicos de enfermagem, para 30 (trinta) horas semanais, ficando a chefe do departamento de pessoal, Janis Alves, de fazer um levantamento quantitativo dos profissionais da área e da dinâmica de escalas de plantões em comparação com outros municípios da região onde já se encontra implantado o regime de 30 (trinta horas) semanais. Sobre essa questão, a prefeita demonstrou-se propensa a adotar, de forma que não comprometa o serviço público.

Informações - SINSPPOR


, ,