Prefeitura abre sindicância contra taxista envolvido em confusão com turista




A Secretaria de Trânsito e Serviços Públicos de Porto Seguro informou, nessa manhã, que está abrindo sindicância para apurar os fatos ocorridos ontem (7), no ponto de táxi da balsa, quando um condutor de táxi supostamente agrediu um turista que estava usando o serviço de transporte oferecido por aplicativo. Durante o período da investigação dos fatos, o condutor e o alvará do táxi ficarão suspensos.


De acordo com o prefeito em exercício, Beto Nascimento, é fato que a utilização desses aplicativos divide opiniões. “É legítimo o direto dos taxistas de manifestação, desde que de forma pacífica e ordeira, mas é inadmissível ameaçar qualquer cidadão, ainda com o agravante de o fato ter ocorrido com um turista, que é a principal fonte de renda da economia do município”.

O Secretário de Transito e Serviços Públicos, Eriosvaldo Renovato Dias, salientou ainda que estão sendo tomadas as medidas administrativas cabíveis e que conta com o bom senso de todos para que a cidade não seja prejudicada.

Em Porto Seguro, o serviço Uber continua ilegal em razão de uma lei aprovada, promulgada e publicada pela Câmara Municipal. “Enquanto a Lei estiver em vigor tomaremos medidas para coibir o uso ilegal do aplicativo”, completou o secretário.
Secretaria de Concessões Trânsito e Serviços Públicos
Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

, ,