Índios fazem protesto em hospital após mortes de três indígenas

No fim da tarde desta sexta feira 12/01/2018 vários indígenas se reuniram no hospital Luis Eduardo Magalhães para protestar pelas mortes de três  indígenas nesta semana.


Zeca Pataxó enviou uma nota para a redação do Obaianao informando a situação.



Hoje o Povo Pataxo mais uma vez está de LUTO e não podemos mais nos calar diante de tanto descaso quanto aos indígenas atendidos no Hospital Luís Eduardo em Porto Seguro . 

Dentro de três dias três indígenas foram a óbito sem receber o atendimento devido. Um profissional de saúde que veio buscando atendimento com uma dor abdominal e foi medicado e liberado, dois dias depois retornou com o quadro agravado e só realizaram exame para investigar dois dias depois e o paciente foi a óbito.


 A segunda , uma idosa cadeirante que entrou e demorou horas pra ser atendida e quando foram olhar pra ela sentada em uma cadeira já estava morta. A terceira, uma paciente que entrou a sete dias no hospital com dor na coluna e agora o hospital diz que morreu de infecção e infarto . Esta terceira é minha irmã e hoje pela manhã foi visitada pela família e passava bem.

veja vídeo 


 A médica tinha descartado a hipótese de infarto e agora na hora da notícia da morte informaram que houve sim dois infartos. 

Precisamos de mais respeito.
As famílias merecem esclarecimentos antes de acontecer os óbitos!

Nossa reivindicação é pacífica mais precisamos de respeito !

Quero agradecer a todos os profissionais da Sesai, que tem dado todo apoio às famílias indígenas. 

#queremosjustica
#queremosseratendidoscomdignidade
#queremosrespeito.

Zeca Pataxó.

, , ,