Índio mata esposa e oculta o cadáver em Sapirara


Resultado de imagem para rabecao porto seguro


Uma equipe de policia civil acompanhada da delegada drª Viviane Scofield foi até Sapirara nesta segunda feira afim de de investigar o desaparecimento de Nara Simone da Rosa Oliveira 51 anos  que estava desaparecida acerca de vinte e cinco dias.


A reportagem do Obaianao, falou com a delegada Viviane na tarde desta terça feira 08/12, segundo a delegada, no ultimo sábado 05/12 um homem teria ligado de Itaporanga informando que havia um homem de nome Moisés que queria se apresentar a policia pelo fato de ter matado a esposa e que iria mostrar onde o corpo da vitima estava.

A delegada orientou, que o mesmo deveria ir a delegacia territorial e se apresentar visto que a Dean não funciona fim de semana, após essa informação o homem disse que  Moisés se apresentaria na segunda feira 07/12 as 08:00 hs.

No inicio da tarde desta segunda feira 07/12 com o não comparecimento na delegacia, a delegada decidiu ir até Sapirara tentar encontrar o corpo da vitima.

Segundo a delegada, quando chegou em Sapirara foi até a aldeia onde o casal morava acerca de doze anos,e os índios a receberam muito bem e deram o apoio necessário onde familiares de Moisés abriram a casa para a equipe de policia fazer as buscas.

No quintal da casa, a delegada percebeu um monte de galhos de árvore, ao averiguar junto com a equipe de peritos fora encontrado os restos mortais de Nara enterrado em uma cova rasa.

 Os restos mortais da vitima foram levados para o IML de Porto Seguro.

Nara era Manicure teria vindo de São Paulo e casou com Moisés e era muito querida na aldeia.

Moisés Ferreira dos Santos 35 anos é indígena e está foragido, segundo a delegada Viviane, se o mesmo se apresentar pode ter sua pena diminuída.
Moisés irá responder por homicídio e ocultação de cadáver.