Prestes a desabar delegacia pública é escorada com mourão em Camacan



A Delegacia Territorial de Camacan, abandonada pela Secretaria de Segurança Pública do estado, chegou a seu último estágio de decadência, oferecendo risco de vida a quem trabalha na unidade. O delegado Francesco Denis da Silva Santana, interditou parcialmente a unidade prisional. A parede da frente da delegacia está cedendo por conta das rachaduras. A autoridade policial mandou colocar um mourão fixo no chão escorando a parede, pois a fachada do prédio, está prestes a desabar.

O portão da frente também foi lacrado, para que o público, não entre na recepção. Por conta da má conservação das instalações, o delegacia pública de Camacan, não está recebendo presos, e os que chegam, são transferidos para as unidades de Pau Brasil e Itabuna.

De acordo com os agentes lotados na unidade prisional, o local oferece perigo não só para os agentes, mas para o público em geral. Espera-se que o Ministério Público e a Secretaria de Segurança pública do estado se manifestem diante do quadro crítico que a Delegacia Pública de Camacan se encontra.

Por otempojornalissimo

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534

ALALO