Idoso de Itajuípe, na BA, completa 118 anos e morador da cidade tenta inclusão no Livro dos Recordes


Um morador da cidade de Itajuípe, no sul da Bahia, completou 118 anos de vida no início deste mês de novembro. Segundo os familiares, José Ferreira dos Santos, que nasceu no último ano do século XIX, em 1900, não possui hipertensão e, além disso, os indicadores de colesterol e glicemia estão controlados.


Um blogueiro da cidade, que descobriu a história do idoso, está tentando agora levantar mais informações que comprovem a data de nascimento de José, para enviar ao Guinness Book. Na última edição da publicação, o título de pessoa mais velha do mundo está com uma japonesa de 117 anos.

Devido à idade, o idoso tem dificuldades de locomoção e passa a maior parte do dia sentado ou deitado.

José é casado há 78 anos com Lindaura Rocha de Jesus, que tem 98 anos. Ela conta que o romance dos dois foi uma grande aventura.

Segundo a idosa, a dupla teve que fugir para casar e construir uma família. "Minha mãe tinha raiva dele. Não queria não", contou a esposa.

O idoso se aposentou após trabalhar 58 anos nas fazendas de cacau da região. Ele morou em muitas fazendas do sul da Bahia, que anos depois viraram cidades, como São José da Vitória.

De acordo com Cremilda Ferreira, filha mais velha de José, o pai sempre contou com a ajuda da família durante a colheita do cacau. "Era bem difícil porque a gente começou a trabalhar com 10 anos. Meu pai nos levava para a roça, dizia que tinha que ir, e se não aguentasse pegar dois cacaus, era para pegar um", lembrou.

De acordo com a certidão de nascimento, José Ferreira nasceu no distrito de Barracão, que hoje é a cidade de Rio Real, no nordeste da Bahia. Em 1920, ele chegou ao sul do estado.


Por G1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534

ALALO