> Índio Pataxó é acusado de violentar e roubar mulher em Caraíva | OBAIANAO

 


Índio Pataxó é acusado de violentar e roubar mulher em Caraíva

Resultado de imagem para caraiva
Uma mulher de prenome Maria (27), moradora do distrito de Caraíva, relatou que foi estuprada na manhã da última terça-feira (21) por um índio da tribo Pataxó.

Maria relata ter acordado com o índio Sobre o seu corpo entrelaçado em suas pernas, com uma de suas mãos em suas partes genitais, parte do rosto cobria nariz e boca com uma camisa de cor vermelha.
O acusado continuou com frieza mesmo sabendo que a vítima havia acordado. A mulher na tentativa de reagir esmurrou o rosto do índio e gritou por socorro.

O companheiro da vítima que estava em outro cômodo da casa, ao adentrar no quarto viu a cena, foi quando o Índio correu e pulou pela parte destelhada do teto.
Iniciou-se a busca incessante pelo estuprador pelas redondezas da vilarejo, informando os trajes que o mesmo usava: camisa vermelha nas mãos, boné preto, e uma tatuagem nas costas.
A vítima ao retornar no quarto sentiu falta do aparelho celular, e avistou uma cueca e um protetor solar sobre a cama.

Ao cair da noite Maria e seu companheiro ainda buscavam pistas, descrevendo as características do índio conseguiram o nome e demais informações através do histórico de acusações anteriores que caem sobre ele .
Na noite posterior ao acontecido o índio retornou ao vilarejo como nada tivesse acontecido e foi contido por moradores que estavam cientes do fato.

Maria foi chamada e imediatamente reconheceu o agressor que estava portando o seu aparelho celular.

A Polícia foi acionada, que chegou ao local por volta das 11:30h conduzindo todos a delegacia em Porto Seguro. Maria prestou depoimento e foi liberada , enquanto isso o índio foi ouvido e concedido liberdade provisória após pagar fiança no valor de R$ 3.500,00.
Uma onda de denúncias vem se alastrando, após Maria divulgar o caso nas redes sociais, um criminoso à solta anda assombrando as mulheres.

À sua conduta foram imputados dois crimes: IMPORTUNAÇÃO SEXUAL e FURTO SIMPLES, crimes brandos cuja pena mínima é 1 ano!

“Nesse meio tempo muita gente me procurou pra dizer que há outras vítimas dele com medo de se manifestar, pq sua família é numerosa. Muitas confirmaram seu perfil agressivo e frio. Meu vizinho está com medo de depor. Mulheres estão com medo de represálias. Amigos e conhecidos que ajudaram na identificação do estuprador pediram que eu não citasse seus nomes.

A justiça sem saber destes detalhes , concedeu a ele a liberdade provisória mediante pagamento de fiança no valor minimo , ou seja se pagar 3.500 reais....... que me estuprou há menos de uma semana, vai voltar às ruas da pequena vila onde resido, oferecendo perigo para mim em especial, mas também para outras potenciais vítimas. Além disso, uma onda de denúncias vem se alastrando por aqui e + casos começaram a pipocar com minha denúncia, o que indica que a liberdade desse criminoso vai ajuda-los a se sentirem livres e protegidos pra seguir nos estuprando, violando e agredindo.

Por mim e por todas as mulheres, quero contratar um advogado para acompanhar o andamento do procedimento policial e garantir que a justiça tome conhecimento do perigo de sua soltura. Este homem precisa ser afastado e punido pelos bárbaros crimes que cometeu.


Me expor depois de tanta violência, responder ao sem fim de perguntas e passar madrugadas entre pesadelos reais e também pelos gerados por meu inconsciente abalado tem sido muito difícil.

Mas para mim seria mais difícil deixar tudo como está. Me esconder. Deixá-lo tomar as rédeas da minha vida, da minha integridade e dignidade e das minhas escolhas.

Falo isso porque preciso de proteção! Preciso de divulgação massiva! E porque quero justiça! Este e outros abusadores não podem pensar que vão seguir violando nossa dignidade, nossa integridade física e emocional, tampouco objetificando nossas vidas e corpos!


Sou mulher e mereço segurança. Mereço respeito. Mereço dormir e acordar em meu quarto sem que um homem se ache no direito de me invadir, machucar, violar.

Além disso, preciso muito da ajuda de vocês para custear gastos e honorários do advogado, porque não tenho esse dinheiro! Qualquer ajuda é bem vinda.”

Maria pede auxílio de um advogado por não ter condições de custear gastos e honorários.

Abaixo confira os relatos expostos no Instagram da vítima.






Por namidianews


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534