Suspeito de matar e cortar língua de garçonete foi preso em Cabrália



Um vendedor ambulante acusado de ter matado e cortado a língua da garçonete Jaine de Souza Nascimento, de 17 anos, há 22 dias, foi preso por volta das 13h desta terça-feira (10), em Santa Cruz Cabrália.


Auto Gaudino e Lemos, idade desconhecida, tinha um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela juíza da comarca da cidade, Nêmora Janssen.

A delegada Teronite Bezerra informou  que outras pessoas estão sendo investigadas por possível participação no crime.

Entenda o caso

O corpo da adolescente foi encontrado por populares na manhã do dia 19 de outubro deste ano, no bairro Mirante, em Santa Cruz Cabrália. O cadáver estava enrolado em uma lona, amarrado com corda e apresentava diversos cortes. Além disso, a vítima teve a língua cortada.

Quatro dias após a localização do corpo, policiais encontraram na casa de Auto, facas com vestígios de sangue e parte da lona que teria sido usada para enrolar o corpo da jovem. Marcas de sangue também foram localizadas nas paredes da residência. Na ocasião, Auto não foi encontrado para responder as acusações.




fonte e foto radar64