Draga afunda no terminal marítimo da Veracel em Belmonte; Empresa trabalha pra evitar vazamentos



Uma draga que opera no terminal marítimo da Veracel Celulose, no município de Belmonte, extremo sul da Bahia, tombou por volta das 16h30 de terça-feira (1º), mas a informação só foi divulgada nesta quinta (03).


O acidente aconteceu na área de descarte marinho do material dragado e, segundo apurou o Radar 64, não há registro de vazamento de combustível. Os tripulantes foram resgatados sem ferimentos.

Na manhã desta quinta, o equipamento - que é operado pela empresa B&G, ainda não havia sido retirado do mar, mas a empresa havia disponibilizado kits de emergência para prevenção e controle de um possível vazamento de óleo.

Foram armadas barreiras de contenção e absolvição no entorno da parte da draga submersa. Mergulhadores completaram o trabalho, realizando o selamento do equipamento e do tanque de óleo.

Um rebocador já foi acionado para levar a draga para um local seguro. O IBAMA e a Marinha foram notificados e estão acompanhando os procedimentos.

A reportagem também conversou com alguns moradores daquela região, que dizem não ter visto - a princípio, manchas de óleo nas praias.

As causas do acidente ainda são desconhecidas.

Sobre a draga

A draga Primavera II é utilizada para retirar areia do canal usado pelas barcaças de transporte da celulose produzida pela Veracel. Ela tem 20 metros de cumprimento. A capacidade de seu tanque de combustível é de 5.500 litros e, no momento do tombamento, estava com menos de 1.000 litros.


RADAR64