» » Turistas protestam por descaso e atraso no aeroporto de Porto Seguro



Turistas em viagem de férias na cidade de Porto Seguro sofrem com descaso e irresponsabilidade da empresa Gol Linhas Aéreas. Tudo começou com o cancelamento de alguns voos no aeroporto de Confins em Minas Gerais causado pelo mal tempo, problema este que se refletiu em Porto Seguro.

Os voos cancelados em Confins que se refletiram em Porto não é o motivo da reclamação segundo os passageiros, “Infelizmente este tipo de transtorno acontece e entendemos, o problema foi o que aconteceu depois”, relatou a turista Camila de Brasília.

Camila informou ao Imprensananet.com que segundo informações da Gol, por não encontrar leitos disponíveis na cidade, os passageiros foram encaminhados para hotéis na cidade de Eunápolis, 62km distante de Porto Seguro. A confusão começou após a Gol informar aos passageiros que seguiriam viagem em um voos que sairiam às 17:20 e 17:40.


As acusações:

Ao chegarem no aeroporto os passageiros relataram que várias pessoas não tinham seus nomes nas listas dos referidos voos, ao serem questionados, funcionários informaram que a partir do momento que os voos foram cancelados, os mesmo não mais seriam passageiros da empresa. Revoltados as pessoas começaram a protestar e depois de horas foi anunciado que a maioria dos passageiros embarcariam no voo das 20:20.


Entretanto passageiros como Vaine e sua família que moram em Tangará da Serra em Mato Grosso não conseguiram embarcar, Vaine deveria seguir viagem no sábado (16) com conexões, Confins, Brasília e Cuiabá. Com o voo cancelado, assim com os demais passageiros, eles fora alojados em um hotel em Eunápolis.



Vaine foi informada hoje no hotel que deveria voltar para Porto Seguro onde deveria seguir viagem às 17:20, entretanto ao chegar no aeroporto foi informada que só haverá voo na próxima terça-feira (19), mas, o embarque ainda dependeria de confirmação. A funcionária da Gol informou ainda que Vaine deveria procurar um hotel e pagar as despesas  e só “depois” seria reembolsada.


A revolta dos passageiros vai além da Gol, Vaine informou que não conseguiram amparo das autoridades, na delegacia, não conseguiram registrar boletim de ocorrência, não conseguimos atenção na delegacia do consumidor nem da ANAC, estamos sem data para embarcar, estamos sem roupas para vestir, lembramos que depois dos cancelamentos todas as outras empresas conseguiram embarcar seus passageiros menos este “Lido” da Gol”, desabafou Vaine.

A reportagem do imprensananet.com procurou a Gol para ouvir sua versão dos fatos, entretanto fomos informados que em Porto Seguro não havia nenhum representante para se pronunciar, mas, que a assessoria entraria em contato, algo que não aconteceu até o momento da publicação desta matéria.

Por Gutemberg Stolze – Imprensananet.com



«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar Esta Notícia

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.