» » » » » » Porto Seguro se apronta para receber a Pira Olímpica



Quando a tocha olímpica chegar em Porto Seguro, em 19 de maio, irá percorrer as ruas do município nas mãos de 42 condutores. Para deixar tudo pronto para receber a ilustre visitante, o  chefe de gabinete, Josemar Siquara, realizou nesta segunda-feira (9), uma reunião preparatória do revezamento da Tocha Olímpica, onde foram esclarecidos os últimos detalhes do evento.

Participaram da reunião todos os secretários municipais e chefes de departamentos envolvidos na passagem do revezamento. Também estiveram presentes atletas, esportistas, ONG’s, associações e de representantes dos patrocinadores oficiais (Bradesco, Coca-cola) e Polícia Militar, definindo detalhes do circuito por onde a chama dos jogos olímpicos vai passar.


“É uma oportunidade única que a cidade de Porto Seguro estará vivenciando, sendo agraciada com o maior símbolo olímpico e como resultado disso, mostrada para o Brasil e pro mundo. A tocha permitirá que seja despertado o espírito esportista em nossos jovens”, assegurou Josemar Siquara.

O revezamento no município terá início em 19 de junho, saindo da Praça São Pedro até a Praça da Igreja Nossa Senhora d’Ajuda, atravessa o Rio Buranhém e segue para o município vizinho de Santa Cruz Cabrália. Em seguida, retorna para o Centro Histórico, de onde inicia-se o circuito sendo conduzida pelo índio Pataxó Raoni Siqueira, chegando no ponto da Celebração, na Passarela do Descobrimento.

“Vamos aproveitar a exposição provocada pelos Jogos Olímpicos para divulgar os atrativos da nossa cidade, o revezamento da  Tocha é um símbolo que indica que precisamos nos unir porque os jogos são de todo o país. E em Porto Seguro o evento vai ser bonito e grandioso”, afirmou a prefeita Cláudia Oliveira.

Ascom – Gabinete
Prefeitura de Porto Seguro

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

1 comentários:

  1. PARABÉNS AOS ORGANIZADORES E A PREFEITA CLÁUDIA OLIVEIRA.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.