» » » » » Jovem morto durante comício em Barrolândia



O distrito de Barrolândia mais uma vez é tema das páginas policiais e, infelizmente, mais um jovem é vítima do tráfico de drogas que continua forte no distrito. O fato aconteceu na noite dessa segunda-feira (26/09) onde um jovem de 19 anos identificado pelo nome de Talles Santos foi morto a tiros próximo a uma padaria localizada no centro do distrito.


O fato assustou a população e causou um grande tumulto, já que, nas imediações do local do crime acontecia o comício da candidata Alice Britto onde também se encontrava o Deputado Marcelo Nilo, Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia. As pessoas ouviram o som dos disparos e entraram em pânico. O comício teve que ser finalizado devido à grande confusão que o fato causou.

O jovem ainda tentou escapar dos agressores, mas não resistiu aos ferimentos e acabou caindo em frente ao prédio onde está funcionando o comitê político da Coligação de oposição que apoia a candidatura do ex-prefeito Iêdo Elias. As primeiras informações colhidas no local constam que o jovem teria rixas com a facção criminosa que comanda o tráfico de drogas em Barrolândia e que o assassinato do jovem teria sido um acerto de contas.


O assassinato faz parte de uma sequência de acontecimentos violentos no distrito que começaram desde a última sexta-feira (23/09) onde 05 bandidos armados trocaram tiros com os policiais que atuam em Barrolândia. Nessa ocasião um dos meliantes foi preso em Eunápolis quando tentava ser atendido em um hospital com ferimentos causados pelos disparos do confronto. Na tarde dessa segunda-feira (26/09) outro confronto aconteceu entre policiais e três meliantes que conseguiram fugir pela mata que circunda o bairro Iedão.

O policiamento foi reforçado no distrito, o local do crime foi isolado e espera a chegada do Departamento de Polícia Técnica para fazer a perícia.

Fonte:maisbn/foto reprodução maisbn

«
Nex
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar Esta Notícia

Comentários com palavras de baixo Calão ou que ofenda a moral de alguêm não serão liberados.