Coleta de lixo em Itabela vai custar mais de meio milhão por mês aos cofres públicos



A coleta de lixo está saindo cara para os moradores de Itabela. A prefeitura contratou a empresa SR Ambiental LTDA-ME para realizar o serviço pelo valor de R$ 4.795,200 (Quatro milhões setecentos e noventa e cinco mil e duzentos reais), pelo período de abril a dezembro deste ano. 



Para ter uma ideia, durante os 90 dias do período de emergência, a mesma empresa realizava o mesmo serviço por aproximadamente R$ 350 mil, cerca de R$ 150 mil a menos. Já na gestão anterior, a coleta de lixo custava mensalmente cerca de 310 mil, aproximadamente R$ 200 mil inferiores ao valor atual.
Valor do contato da coleta de lixo é de aproximadamente 5 milhões pelo período de nove meses.
Valor do contato da coleta de lixo é de aproximadamente 5 milhões pelo período de nove meses.



Mesmo com o custo altíssimo para um município de pouco mais de 32 mil habitantes, a cidade ainda não possui um aterro sanitário, que seria o local adequado para o descarte dos resíduos. Todo o lixo recolhido no município é dispensado em um lixão, nas imediações do bairro da Jaqueira, podendo ocasionar contaminação de lençol freático e risco para a saúde da população.

Um possível motivo para a elevação dos custos seria a implantação de um sistema mais modernizado na coleta, que passou a utilizar caminhões compactadores de lixo na realização do serviço. No entanto, os velhos caminhões de lixo ainda estão sendo utilizados na coleta, o que não justifica esse aumento abusivo. Além disso, muitos moradores ainda reclamam que a coleta de lixo está inoperante em alguns bairros.
Lixão leva risco de diversas doenças a população. (Foto: Alex Gonçalves/BAHIA DIA A DIA)
Lixão leva risco de diversas doenças a população. (Foto: Alex Gonçalves/BAHIA DIA A DIA)

Todo o dinheiro usado para a realização dos serviços públicos é proveniente dos impostos pagos pela população, que muitas vezes não tem acesso aos valores exorbitantes das contratações públicas. E, para os moradores, que respiram mudanças positivas, os custos elevados dos gastos públicos podem ter efeitos desfavoráveis.

Por bahiadiaadia

, ,