04 mortos, drogas e armas apreendidas em Operação da policia


Na noite desta quarta-feira, 21 de fevereiro, policiais militares do PETO e da RONDESP Sul, receberam uma denúncia anônima, informando que os autores do homicídio ocorrido na Avenida Padre Anchieta, em Teixeira de Freitas, estariam escondidos em um imóvel, localizado na Rua Paraíba, no Bairro São Lourenço. As guarnições se deslocaram até o local, onde montaram cerco e após tentarem confirmar se existia alguém no imóvel, foram recebidos a bala. Então, começou uma intensa troca de tiros. Após alguns minutos de confronto, os militares invadiram a residência e encontraram 04 indivíduos feridos.

Os militares, então, desarmaram os suspeitos e socorreram os feridos para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF). No imóvel, além do veículo Chevrolet/Celta, de cor branca, placa policial MTW 2743, licenciado em Teixeira de Freitas, cujo veículo foi usado no homicídio que vitimou Witalo Simões, os militares encontraram 02 tablete de "maconha" e algumas porções; 01 pistola Smith & Wesson calibre 9 milímetros, com número de série VYJ 5233; 01 pistola Taurus, calibre 380, com carregador e número de série KZJ 26203; 01 revólver Taurus calibre 38 Special, com número de série PK46241 38 e 01 revólver calibre 38 Special, com numeração raspada.
Foram encontradas ainda 02 munições de calibre 9 milímetros; 07 munições calibre 380 e 04 munições calibre 38. Além das munições picotadas e intactas, foram recolhidos 06 estojos deflagrados. Foram apreendidos 04 aparelhos celulares e a chave de 01 veículo Hyundai/Tucson, que seriam dos suspeitos. Os suspeitos não resistiram e morreram, e os 04 suspeitos foram previamente identificados como sendo, Heberth Moreira e Heverth Moreira (Os Gemas); Alex Souza Santos e Raik. As qualificações completas serão levantadas pela Polícia. As drogas, as armas e o veículo Celta foram apresentados na sede da Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas e os procedimentos ficarão a cargo do delegado Maderson Souza Dias.
 
Segundo informações passadas para Polícia, a motivação do crime seria uma discussão que aconteceu entre os gêmeos Heberth e Heverth com o Witalo. Essa discussão teria acontecido no "Memel" há cerca de 1 mês. Após a discussão, eles teriam trocado ameaças e um jurado o outro de morte.Essas informações chegaram até a Polícia, e a Polícia Civil irá investigar as circunstâncias da discussão.
Por: Rafael Vedra/LiberdadeNews

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534