Câmara de vereadores não comportou o público que foram na seção para protestar


A câmara de vereadores de Porto Seguro não comportou o número de pessoas que foram na seção na manhã desta quinta feira 14/06/2018 para protestar.

Inicialmente o protesto era dos servidores púbicos que são contra o Projeto de Lei que  poderá diminuir salários e retirar direitos adquiridos dos servidores. o projeto foi retirado e deverá ser colocado em pauta nos próximos dias.


Também houve grande manifestação do público quando o vereador Kempes Neville ( Bolinha) falou do seu projeto de Lei Nº 023/2018 que foi colocado em pauta e que Dispõe sobre a vedação do ensino de ideologia de gênero para crianças e adolescentes na rede de ensino do município de Porto Seguro.



Representantes do partido PSOL protestaram contra o projeto e vaiaram o Edil, enquanto um numero maior de pessoas que estava presentes aplaudiram a atitude do vereador e seu projeto.

Alguns trabalhadores rurais que moram em uma área nas imediações do Anel viário também fizeram o pequeno protesto pedindo ajuda aos vereadores sobre o pedido de reintegração de posse nas terras.

No intuito de melhorar o clima o vereador Robson Vinhas, chegou até a convidar o povo para o São João no Cambolo, mas o povo não se importaram para o convite e continuaram o protesto.


Na frente da Câmara foi colocado um mini trio onde os representantes dos sindicatos realizaram uma seção e decidiram fazer uma grande paralisação dos funcionários públicos na próxima quinta feira.


O público foi grande que centenas de pessoas tiveram que ficar do lado de fora da câmara. 















































































Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534