Anuncio topo site

Topmais

ultimas

6/recent/ticker-posts
Supermoda

Edição do Festival Internacional de Cinema Indígena exibe 60 filmes; programação é online e gratuita


A 8ª edição do Festival Internacional de Cinema Indígena Cine Kurumin será realizada remotamente devido as medidas restritivas. Até o dia 30 de março, produções de cineastas indígenas estão sendo transmitidas pelas redes sociais e no site oficial do festival.

Ao todo, são 60 filmes selecionados pelo festival, que já estão disponíveis de forma online e gratuita. Debates acontecem nas páginas oficiais do Cine Kurumin, no Instagram e no Facebook.

Na sexta-feira (26), às 16h, acontece o debate 'Curadorias Indígenas – Olhares e mediações nos festivais de cinema indígena', com a participação de Amália Córdova (Chile), curadora digital e diretora do Festival de Língua Materna, em Nova York; Junia Torres, diretora do festival Forumdoc; Olinda Muniz, cineasta e ativista ambiental, coordena a Mostra Amorata; Renata Tupinambá, produtora e roteirista e Thaís Brito, diretora do Cine Kurumin. A mediação será feita pela artista e pesquisadora, Ana Carvalho.

Já no dia 30 de março, data do encerramento do festival, ocorre um encontro virtual com os realizadores indígenas, às 18h. Em seguida, às 19h, será realizada a premiação do festival, que tem como Júri: Edgar Kanaykõ Xakriabá, fotógrafo e mestre em antropologia; Patrícia Ferreira, professora e realizadora audiovisual indígena e Amália Córdova.

Este ano, além da Mostra Competitiva Oficial, produções que já fizeram parte da programação do festival, além de produções novas, fazem parte das Mostras Narrativas Indígenas contra o Fim do Mundo e Imaginários Futuros Indígenas.

O objetivo principal do Festival Cine Kurumin é potencializar as produções com temáticas originárias e é um dos poucos festivais no país que soma cada vez mais vozes e mãos originárias em seu processo construção.

Realizado desde 2011, o festival já aconteceu em diversas aldeias e em Salvador. Em 2020, por conta da pandemia, foi seu primeiro ano de forma virtual. Neste ano, quando completa uma década de festival, será realizado mais uma vez de forma online.


Por G1