Anuncio topo site

Topmais

ultimas

6/recent/ticker-posts
Supermoda

Ex-secretário e dois guardas municipais são acusados de atentado



Um ex-secretário municipal e dois guardas civis foram presos na manhã desta quarta-feira (03/03), em Porto Seguro. De acordo com investigação da Polícia Civil, eles são suspeitos de tentar matar o vendedor autônomo Ricardo de Sena Leite, 30 anos, há cerca de um mês, no centro da cidade.

Conforme informações obtidas com exclusividade pela reportagem do RADAR 64, Fábio Costa – que também é cabo da reserva da Polícia Militar-, é apontado como o mandante do crime.

Segundo o inquérito, Fábio Costa – que foi titular da pasta de Serviços Públicos na última gestão da ex-prefeita Cláudia Oliveira – encomendou a morte do vendedor para não pagar uma dívida de R$ 28 mil. Há cerca de um ano, o suspeito teria comprado diversos computadores e celulares da marca iPhone com Ricardo e, quando era cobrado, o ameaçava.

Um dos guardas foi preso em casa. O outro, ao saber da ação da polícia, resolveu se entregar. De acordo com a polícia, os guardas foram os executores do crime.


CRIME

O vendedor autônomo Ricardo de Sena Leite, de 30 anos, foi baleado no momento em que descia de um carro, no centro de Porto Seguro, em 08 de fevereiro. Ele foi surpreendido por uma dupla de motoqueiros, que vinha logo atrás. O criminoso que estava na garupa acertou o primeiro tiro. Ricardo ainda correu para dentro de uma loja de venda de carros em busca de abrigo. O bandido também entrou no local e continuou atirando. Ao todo foram disparados 16 tiros.

Ricardo foi liberado do hospital no mesmo dia do crime. Temendo sofrer outra tentativa de homicídio, ele precisou mudar de cidade com a família.

Por radar64