Anuncio topo site

ultimas

6/recent/ticker-posts

;




Moradores de Porto Seguro, vivem drama no lamaçal para serem atendidos na feira Cidadã de Saúde



No início da manhã desta quinta feira 14/07/2022, centenas de moradores de Porto Seguro, ansiosos para receberem os tratamentos da feira Cidadã da saúde, se depararam com a situação lamentável.

O evento está sendo realizado em frente ao 8º Batalhão, devido às chuvas o local ficou intransitável cheia de lama.

Nas redes sociais, moradores reclamam, que a prefeitura deveria ceder um local mais adequado para o evento, mais devido ter sido um pedido da ex prefeita Claudia Oliveira, ao governador Rui Costa para acontecer esse vento, tanto em Porto Seguro, quanto em Eunapolis, essa seria a razão por que o governo municipal não teria conseguido outro espaço sendo obrigado a realização em frente ao Batalhão.

Diante de repercussão negativa, uma nota  de esclarecimento foi divulgada pela assessoria de comunicação do município.

Os serviços da feira cidadã de saúde são:

- Oftalmologia (consultas, rastreio e cirurgia de catarata)
- Ultrassonografia
- Eletrocardiograma
- Raio X do Tórax
- Odontologia (Tratamento bucal completo, incluindo cirurgia bucomaxilo)
- Mamografia (Mulheres de 40 a 69 anos)
- SacMovel (Emissão de RG, CPF e antecedentes criminais).

Segue abaixo a nota de esclarecimento da prefeitura.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura de Porto Seguro esclarece que a Feira Cidadã, mutirão de saúde, é realizada pelo Governo da Bahia, com apoio da municipalidade.

Por isto, a escolha do local para realização da ação foi de responsabilidade e competência da coordenação estadual do evento, sob o argumento de logística, pela proximidade com o Hospital Luís Eduardo Magalhães.

A Prefeitura de Porto Seguro sugeriu outras áreas, que proporcionassem maior conforto no atendimento, como: NOVA PASSARELA DA CULTURA, PRAÇA DO TRABALHADOR, ESTACIONAMENTO DA ROTATÓRIA 2 e ESTACIONAMENTO DO CENTRO HISTÓRICO.

Diante dos problemas causados pelo Governo do Estado, com a escolha equivocada do espaço, a Gestão Municipal disponibilizou apoio da Secretaria de Obras e Infraestrutura, com areia e brita nos pontos alagadiços, para mitigar os efeitos das chuvas, resguardando a dignidade dos pacientes atendidos. (finalizou).

Infelizmente na briga pelo poder, quem sobre é o povo, que não é respeitado.