Seis suspeitos de atirar em viatura da PM e morrem em confronto com a polícia



Seis suspeitos de envolvimento no ataque a tiros contra uma viatura da Polícia Militar na última quarta-feira (15), no bairro Tancredo Neves, em Salvador, morreram em confronto com os agentes de segurança nesta segunda-feira (20).

Um PM foi atingido de raspão e passa bem. Armas e drogas foram apreendidas. Não há detalhes de quantos homens teriam atacado a viatura, mas na época, testemunhas sinalizaram a participação de ao menos 20 pessoas.

De acordo com a Secretaria de Segurança Público (SSP-BA), nesta segunda, equipes da Rondesp Central patrulhavam a localidade do Buracão, na região do bairro de Tancredo Neves, em uma ação de combate ao crime organizado e com o objetivo de localizar os suspeitos de atirar contra a viatura na última semana.

No local, os policiais perceberam a presença de um grupo armado, que disparou contra os militares e houve confronto.

Os seis suspeitos ficaram feridos, foram socorridos para o Hospital Roberto Santos, mas não resistiram.

Três revólveres, três pistolas, carregadores e munições foram apreendidos. O policiamento foi reforçado na região.

Na quarta-feira, quando a viatura do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) da 23ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Tancredo Neves) foi atingida por disparos de arma de fogo, não houve registro de feridos.

Ao menos nove disparos atingiram o para-brisa do veículo e os demais foram direcionados a lateral.

Conforme disseram as testemunhas, um grupo armado estava em um beco quando a viatura passou pela rua e elas teriam atirado contra o veículo da Polícia Militar.

Por G1

Tecnologia do Blogger.