Cabeleireira de Santa Luzia foi assassinada em São Paulo, filha adolescente é a única suspeita do crime



Uma cabeleireira de 39 anos foi encontrada morta dentro de casa em Guarulhos, na Grande São Paulo. A vítima não tinha sinais de violência, mas estava enrolada em um lençol em cima da cama e com as mãos amarradas

A mulher trabalhava em um salão perto de casa. Para economizar, ela fazia o trajeto a pé

À noite, Eliene Souza dos Santos fazia faculdade de direito. Ela sonhava em ser advogada

A mulher estava separada do marido havia dois anos e tinha duas filhas. Ela morava em uma casa alugada no Jardim Marilena com a filha mais nova, de 17 anos

Na terça-feira (20), Eliene trabalhou normalmente no salão e foi à faculdade. No dia seguinte, ela não apareceu no trabalho


Horas depois, a mulher foi encontrada morta em casa pela filha. Segundo a polícia, a perícia apontou que Eliene foi assassinada cerca de 15 horas antes de ser achada.

Na quinta-feira (22), a polícia ouviu a filha da vítima. A adolescente é considerada suspeita porque estava na casa na hora em que a mãe foi morta.


Informações obitdas pela reportagem do Obaianao, dão conta que Eliene era moradora da cidade de Santa Luzia Bahia, onde tem grande amizade.

Moradores da pequena cidade ficaram consternados com a triste noticia.


Com informações do r7

,