Acusados de balear jovem no São João Elétrico são condenados a seis anos e meio



Os acusados de balear uma jovem no circuito do São João Elétrico, em Porto Seguro, na madrugada de 24 de junho de 2014, foram condenados a seis anos e meio de prisão, em júri popular realizado quarta-feira (14), no fórum Osório Borges de Menezes.


Conforme acusação do Ministério Público, Brendo Reis da Silva, 25 anos e Jeferson Souza Pereira, de 24, tentaram matar outra pessoa que estava no evento, mas uma bala perdida acabou atingindo o ombro da foliã Émille Nazaré Barbosa, causando-lhe uma lesão permanente.

Os réus, que são da cidade de Eunápolis, foram presos pela polícia logo após o disparo. A arma, um revólver calibre 38, foi apreendida com Brendo.

Segundo o promotor de justiça Bruno Gontijo, Jéferson avistou, no meio da multidão, o desafeto Washington Moreira da Silva e pediu que o amigo Brendo o matasse. “Todavia, ele errou o tiro, que acabou acertando a jovem”, diz a acusação.

Brendo poderá cumprir pena em regime incialmente semiaberto e vai poder recorrer da condenação em liberdade. Jeferson não poderá recorrer em liberdade. Como não estava presente no julgamento, o juiz André Marcelo Strogenski decretou a sua prisão provisória, para garantir a execução da condenação criminal.




O advogado de defesa, Veronílson informou que Jeferson Souza usou um direito constitucional de não ir ao julgamento. Ele acrescentou ainda que Brendo já estava custodiado no presídio de Eunápolis, por uma condenação em outro crime: roubo. A polícia eunapolitana informa que Brendo também é investigado por homicídio na cidade.

Por Radar64

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534

ALALO