Comunidade adere a mobilização contra a hipertensão arterial


O Dia Nacional de combate e prevenção à hipertensão arterial, comemorado 26/04, em Porto Seguro, é um marco na luta contra a doença que afeta, em média, 25% da população brasileira, de acordo com o Ministério da Saúde. Em Porto Seguro, a data destacou-se pela série de atividades mobilizadoras sobre o tema nas unidades de saúde da família.


Desenvolvido pela Secretaria de Saúde, em ação diretamente integrada a pasta de Doenças Crônicas, a população teve acesso ao acolhimento assistencial marcado por alertas sobre os riscos da pressão alta e os principais meios para evitar esse mal responsável por desencadear problemas cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

Serviços de saúde realizados
Para marcar a data, as dependências da unidade de saúde do Parque Ecológico receberam grande público que aderiu a relevância sobre os cuidados essenciais com a saúde. Os pacientes que compareceram ao local participaram de aferição de pressão arterial, avaliação do índice glicêmico, consulta médica com cardiologista, testes rápidos de doenças sexualmente transmissíveis, atividade física com profissional da academia de saúde, palestras educativas sobre os benefícios da alimentação saudável com equipe do NASF, abordando também sobre os riscos da hipertensão e diabetes, além da atuação dos agentes comunitários apresentando teatro com enfoque no uso adequado dos medicamentos.


"Entre os principais fatores que podem levar a hipertensão está o sobrepeso, a obesidade, a má alimentação (muito consumo de sal), o sedentarismo, o tabagismo e, em alguns casos, o fator hereditário. A atenção básica procura trabalhar, no decorrer do ano, em todas as unidades de saúde, a prevenção, combate e controle das doenças crônicas, pois a mudança de hábitos auxilia significativamente para o bem estar dos pacientes, levando em conta a prática de atividades físicas, consumo de alimentos mais saudáveis e, claro, visitas regulares ao médico", enfatiza o Diretor do Programa de doenças crônicas, Márcio Luiz.


Pacientes cadastrados

Atualmente, o município possui uma média de 5.848 pacientes hipertensos e 1.841 diabéticos, todos cadastrados e acompanhados regularmente pelas equipes multidisciplinares de saúde. Entre os benefícios, é ofertada a estimativa de 350. 880 mil comprimidos anti-hipertensivos dispensados mensalmente no município, além dos pacientes insulinodependentes receberem tira teste de glicemia, lancetas e seringas de 01 ml.
Cuidando da saúde


Aos 69 anos, Domingos Alves descobriu cerca de 6 anos ser portador da diabetes. "Antes de saber da doença confesso que não tinha boa alimentação, mas depois tive que mudar tudo, passei a fazer caminhadas, comer alimentos mais saudáveis. Venho sempre ao posto me cuidar. Descobri que não devemos brincar com a saúde", diz.


Diagnosticado com hipertensão, Baltazar de Jesus, 65 anos, recebe medicamentos na unidade de saúde. "Faz 4 anos que sou hipertenso, desde então, recebo o remédio para controlar. Mas eu alterei meu estilo de vida. Como muita verdura e legumes e faço atividades física", declara.
Secretaria Municipal de Saúde
Ascom - Prefeitura de Porto Seguro

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534