Homem é preso por matar criança, incriminar outra pessoa e linchar rapaz que ele mesmo acusou



Um homem foi preso na cidade de Jequié, sudoeste da Bahia, após passar mais de oito meses foragido, depois que efetuou disparos, em uma festa, que atingiram e mataram uma criança de 10 anos. No momento do crime, ocorrido em agosto de 2017, ele e um comparsa fizeram os presentes na festa acreditarem que um outro homem teria atirado na criança e mataram a pauladas a pessoa que eles mesmos incriminaram.


Segundo a Polícia Civil, Marcos Silva Barbosa, conhecido como "Corote", estava escondido na cidade de São Paulo (SP) e voltou a Jequié dias antes de ser capturado, na segunda-feira (7). Ele foi transferido no mesmo dia para o presídio da cidade.

De acordo com a polícia, ele e um comparsa, identificado como Jeferson Silva Oliveira, mataram Samuel dos Santos Barbosa e a criança, durante uma briga em uma festa de paredão.

A polícia explicou que Marcos e Jeferson atiraram várias vezes contra Samuel, e um dos tiros atingiu a criança de 10 anos, que morreu na hora. Quando as munições acabaram, a dupla passou a agredir Samuel a pauladas.

Ainda conforme a polícia, Marcos e Jeferson fizeram as pessoas da festa acreditarem que foi Samuel tinha baleado a criança e que, por isso, teriam matado o homem a pauladas.

A suspeita foi descartada durante as investigações, porque Samuel não tinha uma arma, de acordo com a polícia.

Na época do crime, Jeferson chegou a ser preso em flagrante e confessou ter matado Samuel por causa de uma discussão, junto com Marcos. O comparsa de Jeferson chegou a ser liberado pela Justiça em janeiro deste ano, mas foi morto no mesmo mês. A polícia acredita que o assassinato dele ocorreu por retaliação, após ter confessado o crime e dedurado Marcos.

Por G1

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534