> Preso um dos suspeitos de matar cabo da PM | OBAIANAO

 


Preso um dos suspeitos de matar cabo da PM


Um dos suspeitos de ter participado do assassinato de um cabo da Polícia Militar, em Porto Seguro, já está preso na delegacia da cidade. Outros dois estão internados no Hospital Luís Eduardo Magalhães.
Conforme informação obtida pelo RADAR 64, os três homens deram entrada na unidade de saúde domingo (13) à noite, pouco tempo depois da morte do PM. Eles apresentavam ferimentos provocados por arma de fogo.
Segundo a polícia, o policial reagiu à abordagem e chegou a trocar tiros com os seus assassinos. A arma do cabo Clodoaldo não foi roubada.

Reconhecido por testemunhas, Diego Alcântara Lopes, 28 anos, recebeu alta na mesma noite e foi transferido para a carceragem da Polícia Civil. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e roubo majorado (por concurso de pessoa e emprego de arma de fogo).

Em entrevista ao RADAR 64, o delegado Moisés Damasceno, coordenador da 23ª Coorpin, informou que o crime foi uma emboscada. "Os bandidos sabiam a hora que o policial chegaria a sua casa", afirmou.
Ainda segundo Moisés, os dois homens internados no hospital estão sendo investigados. "O Diego também portava o celular roubado da mulher do policial durante o crime. Os outros dois estão sendo investigados, porque deram entrada no hospital junto com o Diego", afirma Moisés.

O cabo Clodoaldo Mendes Santos Júnior, 40 anos, foi morto por volta das 22h de domingo (13), no conjunto habitacional Vila Parracho. Ele chegava a sua casa, com a namorada, quando foi surpreendido por, ao menos, seis bandidos. Atingido por diversos tiros, a maioria na cabeça, o PM ainda chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu.

Testemunhas contaram que viram cerca de seis homens fugindo em uma picape modelo Toro, cor vermelha. Possivelmente, os bandidos usaram o mesmo carro para deixar os comparsas feridos no hospital.

Natural do município de Ilhéus, o cabo Clodoaldo Mendes era lotado no 8º Batalhão de Polícia Militar, em Porto Seguro, mas trabalhava na unidade da PM em Santa Cruz Cabrália, cidade vizinha.

O crime está sendo investigado.

Por radar64

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Obrigado por acessar Obaianao. 73-98186-8534